QUEM SOMOS

Somos uma família de origem italiana e possivelmente russa, que imigrou da Itália para o Brasil por volta de 1886.

Existem, até onde sabemos, dois núcleos principais da Família Donin no Brasil:

  • Núcleo Orlandino Donin: veio para o Brasil em aproximadamente 1894 (não temos documentos que confirmem essa data) e estabeleceu-se em Sumidouro/RJ, onde casou-se com Angela Longo e constituiu família;
  • Núcleo Antonio Donin: já casado com Anna [Bizzo] Donin e seus 7 filhos, veio para o Brasil em 1886, estabelecendo-se em Vista Alegre do Prata. Acreditamos que ele seja o patriarca de todos os “Donin do Sul”.

Apesar de ainda não termos encontrado documentos definitivos que comprovem, acreditamos que Antonio Donin era primo de Sante Donin, pai de Orlandino Donin.

HISTÓRIA DA FAMÍLIA DONIN

Durante muito tempo, acreditou-se que a Família Donin tinha origem italiana. E de fato, tem um pé lá na Itália. Entretanto, a origem da família, conforme descoberto posteriormente, é judaica Russa.

Essas descobertas só foram possíveis graças aos esforços da SODONIN e suas diretorias, que, buscando divulgar seu trabalho e agregar mais familiares, foram descobrindo pessoas que estavam buscando informações sobre suas linhagens para o processo de cidadania italiana, e acabou-se descobrindo a real origem da família e do sobrenome Donin.

Leia mais aqui.

VISÃO

Conseguir localizar, rastrear todos os DONIN no Brasil, bem como suas origens e ascendências.

WEBSITE

Apesar deste website ser uma iniciativa dos DONIN do Rio, nossa intenção é trazer união e integração familiar.

OUTRAS RAMIFICAÇÕES DA FAMÍLIA

Sabemos que existem muitos Donin no Brasil, e sabemos que fazemos todos parte da mesma família, originária da Rússia, que migrou pra Itália e posteriormente para o Brasil.

Se você pertence ao núcleo de um Donin que não seja descendente de Antonio ou Orlandino, pedimos que entre com contato conosco através do [email protected]

Assim, poderemos ampliar a nossa base de conhecimento sobre a Família Donin no Brasil e agregar mais familiares!